BLOG

Mantenha-se actualizado acerca das nossas bike tours e viagens de bicicleta em Portugal.
Não perca um detalhe acerca das suas férias de sonho!

TOURS DE BICICLETA EM LISBOA - EXPLORE SINTRA, ARRÁBIDA OU MONSANTO A PEDALAR

Os arredores de Lisboa contam com uma grande variedade de estradas e trilhas, tanto para ciclismo de montanha, como para ciclismo de estrada. Quando estiver em Lisboa, certifique-se de que explora as serras de Sintra e Arrábida ou o parque da cidade, Monsanto, juntando-se a uma tour de bicicleta, com um guia local, para aproveitar melhor a sua estadia na capital.

Fazer ciclismo é uma das melhores formas de explorar os parques naturais dos arredores de Lisboa, desde as belas serras de Sintra e da Arrábida ao metropolitano parque de Monsanto. Participar numa tour de bicicleta é uma das melhores formas de ficar a conhecer estas maravilhosas zonas e as suas trilhas e estradas. Pegue numa bicicleta, junte-se a um passeio com um guia local e prepare-se para ficar maravilhado!

PEDALAR NA SERRA DE SINTRA – PARQUE PARA CICLISTAS EM LISBOA

Fazendo uma viagem de 30 minutos, em direcção ao norte, irá descobrir a Serra de Sintra, onde fica localizado o centro histórico da cidade. Os adeptos do ciclismo que vivem em Lisboa vão pedalar para Sintra todos os fins-de- semana, para desfrutar das suas estradas e trilhas pacíficas. Vale a pena passear pela cidade de Sintra, para ver os seus edifícios pitorescos e os seus jardins, e para fazer uma paragem a meio da viagem para tomar um café ou comer um bolo – a paisagem cultural de Sintra é considerada património mundial da UNESCO. Devido ao seu microclima, Sintra está muitas vezes coberta por uma névoa o que, combinado com as suas enormes árvores e arquitectura romântica, cria um belo cenário para pedalar.

Se quiser fazer ciclismo de estrada, a serra de Sintra tem também várias estradas secundárias que vale a pena explorar. Passear no meio da serra, pelos Capuchos, em direcção ao Cabo da Roca (o ponto mais a oeste da Europa), indo até Colares e depois voltar para Sintra, é um dos melhores percursos que se podem fazer nos arredores de Lisboa. Existem várias estradas para subir/descer nesta zona, que é caracterizada por uma florestação densa e espectaculares vistas para o oceano, sendo que a melhor forma de as explorar é começar o seu passeio em Cascais, pedalando pela costa em direcção ao Guincho, e depois subir até ao cimo da serra, ou então começar no centro histórico de Sintra, indo directamente para os Capuchos, e escolhendo uma das diferentes subidas existentes, explorando depois a serra a partir daí. Junte-se a uma das nossas tours de bicicleta de estrada em Lisboa, para fazer um passeio matinal pela serra de Sintra, com um ciclista local.

Se quiser fazer ciclismo de montanha, pode começar a sua expedição no centro histórico de Sintra, logo a partir da estação de comboios (existem comboios regulares que fazem o trajecto de Lisboa) ou pode começar a partir de cima, nos Capuchos, local com estacionamento para deixar o seu carro. A partir daí, pode subir até ao Santuário da Peninha e desfrutar dos vários caminhos de pedras e trilhas únicas criadas pelos ciclistas locais desta zona. Aqui existem experiências para todos os tipos de ciclistas – desde descer a encosta na modalidade Enduro, com saltos e declives, até explorar trilhas mais naturais, com pouca intervenção humana. Existem também zonas excelentes para Cross Country ou ciclismo recreativo, mas é sempre melhor ir acompanhado de um ciclista ou guia local para explorar a serra, uma vez que é intrincada e às vezes pode ser difícil encontrar o caminho. Junte-se a uma das nossas Tours de bicicleta de Montanha em Lisboa e aprecie este passeio durante metade do dia, pela serra de Sintra, com um guia local e uma bicicleta apropriada.

PEDALAR NA SERRA DA ARRÁBIDA – COM VISTA PARA O OCEANO, PARA AS FALÉSIAS E PARA O ESTUÁRIO DO SADO

Atravessando o rio Tejo, descendo para sul, uma viagem de 30 minutos irá conduzi-lo em direcção ao parque natural da Arrábida, uma serra que fica perto do oceano Atlântico, no distrito de Setúbal. Esta é uma zona protegida, que atinge o seu ponto mais alto a 499 metros, e que está coberta por vegetação mediterrânica, fazendo-nos lembrar as regiões adriáticas como Dalmácia. É também aqui que se encontram algumas das praias mais encantadoras dos arredores de Lisboa, como o Portinho da Arrábida ou Galapinhos, bem como um antigo mosteiro do século XVI, que marca a paisagem. Se estiver pela zona, certifique-se que visita Azeitão (conhecido pelas famosas tortas e pelas belas vinhas), o castelo medieval de Palmela e Setúbal. A beleza das vistas sobre o estuário do Sado fará com que queira, certamente, visitar também Tróia. Se pretender fazer ciclismo de estrada, o melhor caminho para explorar a zona é o que começa e acaba em Azeitão. Dê início ao passeio em direcção à Aldeia Rica, e depois vire para sul, pela estrada N379, entrando no parque natural e começando a subir até ao cimo da serra. Mesmo que o ponto mais alto da serra tenha apenas 499 metros de altitude, a subida pode ser complicada, e tem algumas secções curtas, mas íngremes, que se podem mostrar desafiantes. Continue a pedalar pela estrada nacional, mergulhando nas suas lindas vistas, como o Convento da Arrábida, o estuário do Sado, Tróia, e toda a costa sudoeste de Portugal. Uma vez chegado ao topo, encontrará uma descida técnica, mas curta, que vai levá-lo à costa do Oceano, onde poderá virar à direita, em direcção à Praia da Figueirinha e ao Portinho da Arrábida – aconselhamo-lo vivamente a descer por aqui, para que possa desfrutar da pequena praia, do porto de pescadores e dos encantadores restaurantes que lhe irão proporcionar excelentes opções para o almoço. Pedalando de volta para Azeitão, poderá optar por prolongar o seu passeio até ao Cabo Espichel – quando chegar a Azeitão, vire à esquerda, em direcção a Sesimbra, e vá até ao Santuário do Cabo Espichel, onde poderá ver, se o dia estiver claro, a serra de Sintra, a norte.

PEDALANDO EM MONSANTO – O PARQUE DA CIDADE DE LISBOA ESTÁ CHEIO DE SURPRESAS

Localizado no seio da zona metropolitana de Lisboa, fica Monsanto, um dos maiores parques florestais citadinos na Europa. Cobrindo mais de 900 hectares, é o principal pulmão da capital. Usado essencialmente para cultivo e como zona de pasto para o gado, no século VIII, mais tarde Monsanto começou a ser visto pela sua importância estratégica, uma vez que representa um óptimo equilíbrio entre a crescente zona urbana e a necessidade de uma paisagem natural e da melhoria do clima da capital. E é por isso que a serra de Monsanto se tornou tão especial. Num minuto estamos a passear numa próspera capital europeia, no outro podemos pedalar entre a verde e densa paisagem, rodeados pela sua diversa flora e fauna, num misto de terra, asfalto, e caminhos construídos pelo homem, embrenhando-nos nas suas trilhas únicas, caminhos de gravilha e estradas sinuosas, que atravessam a maior parte da serra de Monsanto, a qual proporciona, a quem faça ciclismo de estrada, uma grande oportunidade de pedalar alguns quilómetros evitando o tráfico urbano. Se usar uma bicicleta de estrada, poderá fazer um circuito mais curto, que o levará a Monsanto e aos arredores, passando por alguns pontos turísticos e monumentos históricos, tais como o Aqueduto das Águas Livres ou o Palácio do Marquês da Fronteira, ou ainda o Jardim dos Montes Claros e o Anfiteatro da Alameda Keil do Amaral. Poderá ainda apanhar a ciclovia na estrada da Bela Vista, que leva ao miradouro Panorâmico de Monsanto, onde poderá desfrutar da melhor vista sobre Lisboa, o rio Tejo, e a cidade de Almada, na margem sul. Tudo isto em apenas uma hora de viagem.

Se estiver a usar uma bicicleta de montanha, irá descobrir imensas trilhas e estradas de gravilha, ao longo da serra de Monsanto, que irão satisfazer os viciados em adrenalina ou os adeptos do ciclismo que gostem de descobrir pequenos locais curiosos, tais como a pedreira de Monsanto, o Aqueduto das Águas Livres, que corre debaixo do solo, ou as várias ruínas de moinhos de vento, fortes e outros edifícios defensivos que eram usados para proteger a cidade de ataques marítimos. Aqui existem inúmeras trilhas únicas, que poderá explorar, ou ainda experimentar as suas habilidades em “flow trail”, trilhas feitas pelo homem, muitas vezes ilegais, mas toleradas pelas entidades locais, uma vez que são uma forma de manter o Parque aberto e as trilhas funcionais. Existem imensas estradas de gravilha e ciclovias, caso queira apenas sair para um passeio relaxante, no meio da natureza, dentro da cidade. Assim, se for passar o dia em Lisboa, não se esqueça de prolongar a sua estadia para visitar Sintra, a Arrábida ou Monsanto a pedalar – vale realmente a pena!

Voltar ao Blog

Escritório Europeu

Live Love Ride
Avenida Infante D. Henrique, 311
1950-421
Lisbon - Portugal

Segunda a Sexta
09AM to 06PM
Telefone: 00351 217 590 365
Email: ridewithus @ liveloveride.pt 

Seguir LLRide

App StoreGoogle Play
turismo de portugal
sc icon
adventure travel association
Todos os direitos reservados. portugalbiketours.com
twitter-squarefacebook-squarephone-squareyoutube-squareinstagram
scroll-top