Dreaming about cycling in Portugal?
Click to call now!
or click below to request a free, no obligation consultation
Start planning
Dreaming about cycling in Portugal?
Get a free, no obligation consultation.
iiblog

BLOG

We'll keep you posted on Live Love Ride bike tours and cycling holidays.
Don't miss a single detail of your dream ride.

Pedalar o Caminho Português do Porto a Santiago de Compostela: Guia para o Caminho da costa

Se está a planear fazer o Caminho de Santiago, deve considerar a possibilidade de pedalar no Caminho Português, partindo do Porto em direcção a Santiago de Compostela. Esta variante do caminho de Santiago - uma das nossos Bike Tours em Portugal mais participadas - está a ganhar popularidade, mas ainda oferece uma das formas mais autênticas de viver esta peregrinação, com o bónus adicional de visitar dois países (começando em Portugal e terminando na Espanha).

Neste artigo, aproveitamos o conhecimento adquirido ao operar o nosso Bike Tour no Caminho Português de Santiago para compartilhar o porquê, como, quando e o que esperar das suas pedaladas diárias ao ir do Porto a Santiago de Compostela. Confira este guia que mostra o que há de melhor para aproveitar ao máximo o seu passeio de bicicleta em Portugal e Espanha.

Bike Tour no Caminho Português: um vídeo do nosso passeio de bicicleta no Caminho Português de Santiago

Porquê escolher o Caminho Português de bicicleta?

Irá encontrar um ótimo clima, uma história e cultura extremamente ricas, uma gastronomia mundialmente reconhecida, uma variedade incrível de trilhas e ciclovias, além de belas paisagens costeiras e rurais.

Ótimo clima para andar de bicicleta o ano todo

Esta zona costeira está virada para o oceano Atlântico Norte, pelo que apresenta um clima marítimo, com uma temperatura média anual de 16 ° C e muitos dias de sol ao longo do ano, tornando-a perfeita para a prática de ciclismo. Durante os meses de inverno, de dezembro a março, você ainda encontrará temperaturas moderadas, mas também mais chuva. Agosto é geralmente o mês mais quente e as temperaturas tendem a ser agradáveis ​​para pedalar apenas pela manhã.

Riqueza histórica e cultural, ambas cheias de significado

O Caminho de Santiago teve inicio com a lenda da trasladação dos restos mortais de São Tiago, trazidos de barco desde Jerusalém para o norte da Península Ibérica, para ser sepultado onde hoje é Santiago de Compostela.

A peregrinação ao santuário de Santiago começou no século IX e foi muito popular na Europa cristã ao longo da idade medieval, como forma de homenagear Santiago, para ganhar indulgências e às vezes também como penitência por pecados cometidos. Diz ainda a lenda que em 1325, a Rainha Isabel de Portugal fez uma peregrinação a Santiago de Compostela, seguindo um percurso muito semelhante ao que hoje está assinalado com setas amarelas e deu início a uma tradição do que hoje é conhecido como o Caminho Português de Santiago; Nos nossos dias, além de motivos religiosos, muitos peregrinos percorrem a pé, pedalam ou vão a cavalo o Caminho de Santiago, por esporte, para viajar e conhecer as regiões e também como forma de assim fazer um retiro espiritual da nossa vida agitada e estressante de cidade.

Paralelamente ao significado do Caminho de Santiago, há também a rica história do norte de Portugal e da Galiza, outrora parte do mesmo reino até a independência de Portugal no século 12. A história comum destas regiões limítrofes ainda é visível nas muitas semelhanças que encontramos hoje em ambas, mesmo depois de mais de 700 anos de “separação”.

Uma das coisas principais que você notará ao percorrer o Caminho Português de Santiago são os traços comuns da arquitetura românica na miríade de igrejas, solares e pontes antigas por onde passará e muito provavelmente parará para admirar ou tirar uma foto.

pedalar_caminho_santiago_portugues_pela costa_ciclovia_praia

Gastronomia mundialmente reconhecida

Nada é mais importante depois de um passeio árduo e exaustivo durante o dia, do que desfrutar de uma refeição deliciosa acompanhada de um bom vinho. Nesta vertente, tanto Portugal como Espanha têm uma comida deliciosa, com uma variedade de peixes e mariscos frescos, tão bons para desfrutar ao ar livre, em dias quentes, acompanhados do vinho verde fresco local. Fácil de encontrar também, a farta e reconfortante comida regional que poderá saborear junto à lareira, com um copo de vinho tinto encorpado de uma das regiões vizinhas do Douro e La Rioja.

Sendo banhados pelo Oceano Atlântico significa que em ambos os países encontrará sempre peixes e frutos do mar frescos e fantásticos, habilmente usados ​​nas suas culinárias mediterrâneas de marca registrada. Mas ambos os países têm grande variedade de culturas, variações climáticas e paisagens, o que significa que cada região tem também uma variedade infinita de pratos guisados ​​muito nutritivos, carnes grelhadas e assadas no forno, queijos, vinhos e especialidades locais. De restaurantes com estrelas Michelin a restaurantes regionais de "tascas" e "tapas", você se encontrará no paraíso dos gastrónomos.

Belas cidades e paisagens rurais

Um dos encantos de percorrer a o Caminho de Santiago pela Costa é, claro, pedalar os primeiros dias nas ciclovias planas ao longo das praias, que o levarão pela costa norte da península ibérica, percorrendo cidades litorâneas de frente para o oceano. O cenário vai mudar a partir do 3º dia e você ficará surpreso com a facilidade com que poderá mergulhar na bucólica paisagem rural e florestal que encontrará a tão curta distância da costa. Percorrer o Caminho Português significa que você será capaz de descansar, visitar e explorar cidades antigas e emocionantes, com uma bela arquitetura representativa de várias épocas, e que farão sua viagem valer a pena. Merecem destaque locais como a cidade do Porto, uma jóia cintilante que se estende pelas colinas da margem norte do rio Douro, indo até à foz do rio, e com os seus edifícios tradicionais em pedra de granito escuro, fachadas de cores vivas, cobertas por telhados vermelhos. Já em Espanha não esquecerá a sua visita às cidades de Pontevedra com a encantadora zona pedonal medieval do centro, onde poderá desfrutar de um passeio pelas ruas, e edifícios medievais que circundam a magnífica catedral, ponto de referência para os peregrinos do Caminho. Verá que não é o único, como facilmente descobrirá, ao passar por uma infinidade de ótimos restaurantes com esplanada que permitirão que você desfrute esta cidade como os locais gostam de o fazer. A cidade de Santiago de Compostela além de destino final é em si um lugar espetacular para passear e visitar. A magnífica catedral domina a praça central e as ruas medievais estendem-se até às antigas muralhas da cidade.

Ótimos acessos, trilhas e um caminho marcado de grande variedade

Ficará surpreso com a variedade de estradas, caminhos e trilhas que percorrerá no seu caminho para Santiago de Compostela. Todos os dias irá pedalar em estradas tão diversas que nunca ficará entediado. Isso significa que terá que estar atento e ciente dessas condições em constante mudança, mas também significa que sua experiência será muito enriquecida por isso. Um dos grandes atrativos de percorrer o Caminho são as marcações ao longo do passeio, as setas amarelas e as conchas de vieira são omnipresentes e farão com que seja muito difícil você se perder. E se por acaso você realmente fizer isso, então encontrará sempre alguém ao longo do caminho para guiá-lo de volta. Existe um sentimento especial de camaradagem entre todos os peregrinos, viajem eles a pé, de bicicleta ou a cavalo. O mesmo acontece com quase todas as pessoas das vilas e aldeias ao longo do percurso, habituadas a receber, trocar experiências e histórias com os peregrinos.

pedalar_caminho_santiago_portugues_pela costa_cidade_historica_chegada_satisfação

Qual é a melhor época para ir?

Sugerimos pedalar de abril ao final de outubro. A primavera e o final do verão / inicio de outono são as estações perfeitas. O verão, embora quente, será sempre temperado pelos ventos do norte e pelo Oceano Atlântico. Mesmo o início de novembro pode ser considerado, especialmente durante o verão de São Martinho.

Que tipo de terreno devo esperar e que tipo de bicicleta devo usar?

Este bike tour é sugerido para ciclistas intermediários, e a melhor bicicleta para o efeito é uma bicicleta de montanha mas tendo como opções uma bicicleta híbrida ou uma bicicleta de gravel. Embora a maior parte do Caminho Português de Santiago não seja técnico, existem ocasionalmente alguns pontos onde a bicicleta de montanha pode ajudar e será mais segura e eficiente, especialmente ao atravessar algumas antigas estradas romanas ao longo do caminho e algumas das subidas e descidas em terra e com pedras e lajes. Mas na maior parte da viagem, um pneu híbrido/touring servirá, então poderá usar uma bicicleta MTB hardtail ou de suspensão total com pneu híbrido. O terreno é muito variado, mas será composto principalmente de estradas secundárias, trilhas de macadame, etc. Uma bicicleta de Gravel também pode funcionar, mas algumas seções longas de paralelo e descida em terra e pedra serão difíceis para os braços se você escolher este tipo de bicicleta. Se optar por uma E-bike, sugerimos uma E-mountain bike, pelos motivos listados acima.

Quantos dias você sugere que a viagem levaria?

Sugerimos 5 a 7 dias de pedalada. Ciclistas experientes podem certamente levar menos tempo (3 dias), mas isso reduzirá a sensação de imersão na peregrinação e certamente deixará muito menos tempo para explorar as aldeias pitorescas ou encontrar outros peregrinos ao longo do caminho.

O que esperar e como navegar no caminho português?

Para alguns peregrinos, o Caminho de Santiago é uma experiência religiosa, mas ousamos dizer que é uma experiência espiritual para todos eles. Pedalar no Caminho Português de Santiago de Compostela, seja de França, Espanha ou Portugal é um marco para muitos ciclistas, pois o Caminho deixa a sua marca em si. O Caminho Português é melhor pedalado a partir do Porto (ou Lisboa, se você tiver 15 dias no total). Do Porto poderá pedalar pelo noroeste de Portugal - a região do Minho - e pela Galiza, em Espanha, até chegar a Santiago de Compostela. Os dois melhores caminhos a partir do Porto são o Caminho pelo Litoral e o Caminho Central, ambos percorrendo o Norte - um pela costa, o outro cerca de 30km para o interior, até se fundirem em Pontevedra, já em Espanha, mantendo-se num só até Santiago.

Ambos os Caminhos são assinalados por setas amarelas ou conchas de vieira que apontam para a catedral de Santiago de Compostela, facilitando o seu seguimento, embora se seguir as setas com precisão poderá ter que atravessar alguns trilhos e caminhos pontuais de difícil acesso. O que diferencia o caminho português dos mais conhecidos franceses ou espanhóis é a sua autenticidade - o Caminho Português não é tão suave como os outros; pelo contrário, é mais cru, autêntico e aventureiro. O percurso central vai dar-lhe mais profundidade histórica e cultural na região do Minho, percorrendo as belas cidades românicas de Barcelos, Ponte de Lima e Valença, sendo um pouco mais difícil, sobretudo depois de Ponte de Lima, e devido às suas subidas, especialmente a Serra da "Labruja". O caminho costeiro é mais plano e menos exigente nos primeiros dias mas, se seguir todas as setas amarelas, encontrará no segundo e terceiro dias alguns terrenos técnicos que podem atrasar o seu progresso. Ambos os caminhos têm terrenos variados -  estradas em asfalto perfeito, de gravilha, antigos caminhos romanos, algumas trilhas - na sua maioria em florestas e zonas rurais, e também estradas e ruas em zonas urbanas de transito mais denso como Porto, Vigo e Pontevedra. As melhores opções de bicicleta são a bicicleta de montanha, de gravel ou uma híbrida, devido ao terreno misto que irá encontrar. Pode-se fazer com uma bicicleta de estrada/speed mas não vai conseguir seguir todas as indicações e terá que se desviar para estradas de asfalto mais movimentadas em muitas secções do caminho. Ciclistas intermediários a experientes podem levar de 4 a 5 dias para pedalar o Caminho a partir do Porto, enquanto iniciantes / intermediários podem levar de 6 a 7 dias - todos podem fazer o Caminho a partir do Porto, mas aconselhamos alguma preparação para todos, já que os iniciantes irão precisar passar mais horas na bicicleta todos os dias para percorrer a mesma distância.

pedalar_caminho_santiago_portugues_pela costa_mapa_porto_a_santiago_compostela

Qual itinerário sugerido? E o que devo esperar no dia a dia?

A nossa sugestão para pedalar o Caminho Português ao longo do litoral (e aquele que utilizamos nos nossos passeios de bicicleta) é a seguinte:

Dia 1: Porto (Portugal)

Sugerimos que chegue com pelo menos 1 dia de antecedência para aproveitar e visitar esta maravilhosa cidade que tem na zona da Ribeira o “postal vivo” da cidade. Esta cidade bela e acolhedora é rica em história e monumentos, como a Torre do Clérigos e a Ponte D. Luís. Os antigos bairros da Baixa, com o seu comércio tradicional, restaurantes e pastelarias, o bairro da Ribeira, junto ao rio Douro, de frente para as adegas do vinho do Porto, uma cidade cheia de tradições e ligações históricas ao vinho e às vinhas do Douro. Zonas de comércio como Santa Catarina e a Avenida dos Aliados. A não perder os espectaculares restaurantes da cidade, que têm uma das mais saborosas comidas do país.

Dia 2: Porto - Ofir (Portugal)

Depois do café da manhã, inicie o seu Caminho Português de Santiago da Catedral do Porto, onde tem tradicionalmente inicio a peregrinação a Santiago de Compostela. Na Sé Catedral, poderá entrar e pedir o seu passaporte do peregrino, o qual poderá ser carimbado em vários hotéis e restaurantes ao longo do Camino. A partir da Sé, começará a sua aventura pela cidade, descendo a Sé Velha e a rua Mouzinho da Silveira, até à zona ribeirinha do Porto, pedalando por ciclovias ao longo do rio Douro, até chegar a Leça da Palmeira (a opção de começar em Leça da Palmeira encurta o percurso do dia para 52 km). Aqui começará a seguir as setas amarelas pela costa portuguesa em direcção ao norte. A partir de Leça da Palmeira, o Camino será um misto de ciclovias, estradas pavimentadas e passeios até chegar à histórica cidade de Vila do Conde e à praia resort da cidade pesqueira da Póvoa do Varzim – ambas são boas opções para almoçar. Depois da Póvoa do Varzim continue a pedalar pelas pequenas aldeias pesqueiras até chegar a Fão, onde irá virar à esquerda, uma vez mais em direcção ao oceano e à zona do pinhal de Ofir.

Dia 3: Ofir – Caminha (Portugal)

Depois do café da manhã, comece o dia pedalando para norte, atravessando o rio para Esposende e ao longo do rio Cávado – seguindo pelas aldeias pitorescas do norte de Portugal. A partir dos 15 km começará a subir e entrará por uma trilha mais técnica até atravessar uma ponte muito estreita sobre o rio Neiva – segue-se outra subida até chegar a Viana do Castelo, atravessando o rio, onde poderá ver a igreja de Santa Luzia no topo da serra mais próxima. O centro histórico da cidade é uma boa opção para almoçar e passear. Depois de Viana, continue a pedalar para norte pelo interior, atravessando a serra – seguem-se alguns trilhos urbanos e antigas estradas pavimentadas, até chegar a Vila Praia de Âncora, de onde seguirá pela Ecopista, pela costa, até chegar a Caminha.

Dia 4: Caminha - Baiona (Espanha)

Deixe Caminha apanhando o ferry boat (passa um a cada hora, excepto à segunda-feira), em direcção a “A Guarda”, entrando em Espanha. Esse dia não apresenta grandes subidas, apenas altos e baixos até chegar a Bayona, uma bela cidade costeira. Entretanto vá desfrutando das aldeias medievais ao longo da costa galega, provando as maravilhosas tapas e o marisco que irá encontrar pelo caminho. Pare em Baiona para almoçar e admire esta encantadora cidade piscatória. Aproveite para descansar e usufruir desse dia mais curto para retemperar suas energias, uma vez que o dia seguinte é um dos mais longos e duros dessa tour.

Dia 5: Baiona - Vigo – Pontevedra (Espanha)

Esse será o dia mais longo na bicicleta, que se iniciará com uma subida até Saigráns em direcção a Vigo, uma grande cidade que se encontra a 25kms de distância, onde poderá experienciar uma das mais bela vistas sobre a Ria de Vigo, onde o mar se encontra com o rio e cria um ambiente propíci para o cultivo de mexilhões nas "bateas" locais e com as ilhas "Ciés" como pano de fundo. Irá descer para a cidade de Vigo, atravessando o caminho numa zona mais urbanizada e depois subir em direcção à serra, com vista para a Ria de Vigo – seguem-se 12 km de estradas alcatroadas com vista para a Ria, seguidos de uma descida em direcção a Redondela – a partir de Redondela, o “camino” central e o “camino” pela costa tornam-se um só! Outra subida perto de Cessantes e depois uma descida para atravessar o rio Verdufo pela romana Ponte Sampaio e a partir dos 28 km, uma longa descida até chegar a Pontevedra e ao seu belo Parador, mesmo no meio do centro histórico. Aproveite para explorar o centro de Pontevedra, num passeio nocturno pelas plazas galegas de Ourense e Ferraria, onde encontrará a Basílica e a Capela da cidade.

Dia 6: Pontevedra - Padrón (Espanha)

Depois do café da manhã irá continuar a sua peregrinação, sentindo que está cada vez mais perto de Santiago. Irá reparar numa mudança na paisagem, já que vai deixar a costa, voltando para o interior da Galiza, com os seus bosques de um verde luxuriante e zonas florestais. O hotel deste dia fica em Padrón, uma povoação conhecida por ser o berço da Galiza e pelos seus pimentos verdes, os pimentos padrón. Aproveite para visitar a povoação, subindo ao miradouro de Santiaguiño do Monte, visite os jardins botânicos ou a cascata de Toxa e experimente a comida. Se for aventureiro, e estiver na época dela, experimente a Lamprea.

Dia 7: Padrón – Santiago de Compostela (Espanha)

Depois do café da manhã entrará na última fase do Caminho de Santiago. Este será um pequeno teste à sua vontade e tenacidade, uma vez que o percurso é a subir quase logo desde o início. Passará por pequenas povoações e igrejas com fortes sinais de que o fim do Caminho está próximo. Quando chegar, visite a Catedral de Santiago de Compostela, o objectivo final da sua peregrinação. Compostela é uma cidade milenar, com lugares e monumentos que merecem uma visita, tais como as plazas, no centro da cidade velha, as ruas sinuosas e o comércio tradicional.  Dedique o resto da sua tarde a visitar o Centro de Acolhimento ao Peregrino para trocar a sua credencial/passaporte do peregrino carimbado pelo seu diploma/Compostela, ou para descobrir as tradições medievais da cidade, a sua cultura e património.

Dia 8: Santiago de Compostela (Espanha)

Santiago Compostela é uma cidade milenar que realmente merece uma visita mais prolongada e em vez de sair logo após a sua chegada, sugerimos que fique pelo menos um dia extra para admirar e visitar os belos monumentos e locais, como as suas praças na zona central de a cidade velha e as ruas estreitas e mercados tradicionais dentro das muralhas da cidade velha. Se ainda não o fez no dia da sua chegada, dedique este dia para visitar o Centro de Acolhimento ao Peregrino para trocar a sua credencial/passaporte do peregrino carimbado pelo seu diploma/Compostela, ou para descobrir as tradições medievais da cidade, a sua cultura e património.

pedalar_caminho_santiago_portugues_pela costa_encontro_caminhos_central_costa_igrejas

Quer mais informações sobre este passeio de bicicleta?

Visite o nosso site, Live Love Ride - Portugal Bike tours e não deixe de nos contactar em ridewithus (@) liveloveride.pt - adoraríamos ouvir a sua opinião! Ou clique para ver os nossos outros guias no nosso blog 👉 Pedalar em Portugal.

Se reservar um dos nossos tours de bicicleta de vários dias em Portugal pode desfrutar de uma noite adicional gratuita em Lisboa ou Porto, logo no início ou no final do seu tour.

Como você pode se beneficiar desta oferta? Basta escolher um dos nossos Bike Tours de vários dias em Portugal Continental, seja na opção de tour privado, autoguiado / guiado ou num dos nossos tours guiados e programados ao longo do ano, e escolher em qual cidade deseja passar a noite extra, logo no início ou fim do tour *!

Esperamos por si para desfrutar de uma experiência “Clean & Safe” em Portugal - a primeira noite é por nossa conta! Clique aqui para todas as informações sobre esta promoção!

new bookings - free extra night in Porto or Lisbon

GO BACK to Blog
Book with confidence - Check our cancellation policy.

European Offices

Live Love Ride
Avenida Infante D. Henrique, 311
1950-421
Lisbon - Portugal

Monday to Friday
09AM to 06PM
Telephone: 00351 217 590 365
Email: ridewithus @ liveloveride.pt 

Follow LLRide

App StoreGoogle Play
turismo de portugal
Tdp A&s Web Black
adventure travel association
All Rights Reserved. portugalbiketours.com
closetwitter-squarefacebook-squareangle-double-upellipsis-vyoutube-squareinstagramchevron-down